VOLTAR

Em nova operação, MPF e PF desarticulam fraudes e corrupção em fiscalizações ambientais no Amazonas

MPF - http://www.mpf.mp.br/
Autor: Ministerio Publico Federal
08 de mai de 2019

Em nova operação, MPF e PF desarticulam fraudes e corrupção em fiscalizações ambientais no Amazonas
8 DE MAIO DE 2019 ÀS 11H25

Conduzida pela FT Amazônia, operação Ojuara prevê o cumprimento de 18 mandados de prisão e 36 mandados de busca e apreensão no Amazonas e no Acre

A Polícia Federal (PF) e a Força-Tarefa Amazônia do Ministério Público Federal (MPF) deflagraram, na manhã desta quarta-feira (8), a operação Ojuara. O objetivo é desarticular um grupo criminoso investigado pela prática de diversas fraudes e atos de corrupção relacionados a processos de fiscalização ambiental contra desmatamentos e grilagem de terras realizadas em municípios do interior do Amazonas.

Foram expedidos dez mandados de prisão preventiva, oito mandados de prisão temporária e 36 mandados de busca e apreensão. Parte dos investigados teve ainda o sequestro de bens e valores decretado pela Justiça. As medidas estão sendo cumpridas pela Polícia Federal em cidades do Amazonas, de Minas Gerais e em Rio Branco (AC).

A operação investiga diversas práticas de crimes e irregularidades administrativas envolvendo servidores da Superintendência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Acre - que responde pela fiscalização ambiental em parte dos municípios do Sul do Amazonas, agropecuaristas no estado do Amazonas, sobretudo nos municípios de Boca do Acre e Lábrea (AM), advogados, policiais militares do Amazonas e outros intermediários.

Os investigados responderão, dentro das suas condutas, pelos crimes de associação ou organização criminosa, invasão de terras públicas, formação de milícia, desmatamento ilegal, desmatamento de terras públicas com impedimento da regeneração de floresta, lavagem de dinheiro, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa, falsidade ideológica, divulgação de informações reservadas, constrangimento ilegal, ameaça e furto qualificado de madeira da União, entre outros.

Uma coletiva de imprensa sobre a operação Ojuara será realizada às 10h desta quarta-feira (8), na sede da Polícia Federal em Rio Branco.

http://www.mpf.mp.br/am/sala-de-imprensa/noticias-am/em-nova-operacao-p…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.