VOLTAR

Educação ambiental e Unidades de Conservação: tudo a ver.

Fundação Florestal - http://www.fflorestal.sp.gov.br
Autor: Paulo Antunes
24 de ago de 2011

Credenciar de maneira crescente, ordenada e sistemática as Unidades de Conservação do Estado de São Paulo como verdadeiras enciclopédias para a prática da Educação Ambiental. Este é um conceito que permeia a iniciativa de atuação conjunta entre a Fundação Florestal e a Coordenadoria de Educação Ambiental estabelecida em uma reunião esta semana na Fundação Florestal.

O encontro entre o diretor executivo da Fundação Florestal, João Gabriel Bruno e a coordenadora do CEA, Silvana Augusto tratou de diversos assuntos. Entre eles está o Projeto de Educação Ambiental para alunos do ensino fundamental (I e II), crianças na faixa etária de seis aos 12 anos. Na verdade, é uma readequação e ampliação de iniciativa anterior: O Projeto Criança Ecológica que atendia estudantes de 8 a 10 anos e do qual participaram 12 Unidades de Conservação gerenciadas pela Fundação Florestal, com a instalação de 17 espaços educativos.

Os entendimentos prosperaram e a proposta para a Fundação Florestal é ampliar o número de Unidades de Conservação que vão receber as iniciativas do novo Projeto de Educação Ambiental, agora com uma faixa etária ampliada e possibilidade para atender também alunos das redes particulares de ensino e alunos das redes municipais. Em princípio o planejamento prevê a inclusão de mais 19 UC's no projeto.

As UC's que participaram da etapa anterior do Projeto de Educação Ambiental foram: Parque Estadual Guarapiranga, Parque Estadual da Cantareira (Núcleos Pedra Grande, Engordador e Cabuçu), PE Jaraguá, PE Morro do Diabo, PE Porto Ferreira, PE Vassununga, PE Furnas do Bom Jesus, Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade, PE Carlos Botelho, A PE Campina do Encantado, Parque Estadual da Serra do Mar (Núcleos Cunha, Caraguatatuba, Itutinga Pilões e Santa Virgínia), PE Campos do Jordão. Elas continuam e, agora, a Fundação Florestal irá definir as outras UC's para integrar a nova etapa do projeto.

Participaram da reunião, a pedagoga e assistente técnica Maria Lucia Libois e o advogado e Carlos Ribeiro, diretor de documentação e difusão, ambos da Coordenadoria de Educação Ambiental e Adriana Neves, da Diretoria de Operações da Fundação Florestal, responsável pelos programas de educação ambiental nas Unidades de Conservação de Proteção Integral.

http://www.fflorestal.sp.gov.br/noticias2.php?id=245

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.