VOLTAR

Duzentos indígenas guatós ameaçados de extinção em MT-Sul

Folha de São Paulo - SP
04 de fev de 1979

Os 220 Guató que vivem às margens dos rios Paraguai e São Lourenço, região de Corumbá e Cáceres em Mato Grosso do Sul, não são reconhecidos oficialmente pela Funai.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.