VOLTAR

Dom Tomás chama Funai de decadente

O Popular (Goiânia - GO)
10 de mai de 1980

Em entrevista à imprensa, Dom Tomás Balduíno, vice presidente do Cimi, declarou que a questão envolvendo a posse da TI Pimentel Barbosa representa o contraste do confronto de um poder decadente, como o da Funai, e dos povos indígenas. Dom Balduíno criticou a política indigenista oficial do órgão, que pretende a "estadualização" da tutela indígena, e sustentou que os Xavante acabaram com a autoridade do presidente da Funai, ao demonstrar seu modo aberto, democrático e sincera de tentar solucionar o conflito. Por fim, o religioso denunciou a violência que os povos indígenas sofrem, dando o exemplo dos cinco Ticuna assassinados há poucos dias no Alto Solimões.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.