VOLTAR

Deputado quer que PF apure atentado

Estado de S.Paulo-São Paulo-SP
03 de mar de 2002

O deputado estadual Renato Simões (PT), da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa, vai pedir à Polícia Federal que investigue atentados contra a comunidade de índios guarani, em Parelheiros (zona sul).

Na quinta-feira, o índio Marcos Tupã denunciou à Comissão que uma Kombi, que levava crianças indígenas, foi alvo de disparos. As crianças abandonaram o veículo e fugiram. Ninguém se feriu.

Segundo Simões, o atentado teria sido praticado na semana anterior. O parlamentar explicou que essa comunidade guarani fica próxima à mancha urbana e tem uma pendência de terras com brancos, que reivindicam a posse do local.

"No ano passado, um índio foi assassinado naquele local e ainda não sabemos se foi um crime comum ou encomendado", destacou o deputado, que pediu à PF e à Secretaria de Segurança Pública investigação dos fatos e apuração de casos de violência contra os índios.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.