VOLTAR

Deputado quer demitir Ministro por não ouvir o PMDB sobre a Funai

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
17 de mai de 1985

O deputado Mário Santilli reivindica a imediata demissão do ministro do Interior, Renato Costa Couto, por sua "rara irresponsabilidade política", ao indicar para a presidência da Funai o ex-superintendente do órgão, Gérson da Silva Alves. O deputado acusa o ministro de não ter levado em conta considerações da bancada do PMDB e de FHC. Mário Juruna, por sua vez, afirma que ninguém, a não ser ele, pode se meter nas questões indígenas dentro do congresso. Notas divulgadas pelo Cimi e pela UNI também criticam a nomeação de Gerson e de Apoena para o quadro da Funai.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.