VOLTAR

Demissão de Coxini leva crise à Funai

Jornal de Brasília (Brasília-DF)
02 de jul de 1985

O chefe de gabinete da Funai, Daniel Coxini, colocou seu cargo a disposição sob o argumento de que "não há seriedade no órgão tutor, nem plano ou perspectiva de trabalho, e, em consequência, as comunidades ficam desassistidas".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.