VOLTAR

Demarcação das terras dos Kayapó pode ficar para o próximo governo

Gazeta Mercantil (São Paulo-SP)
Autor: Cleide Castro
24 de jan de 1990

Notícia descreve problemas no processo de demarcação da Terra Indígena Menkragnoti, dos Kayapó Mekrãgnoti. O então presidente José Sarney, que havia se comprometido perante representantes da Fundação Mata Virgem (cacique Raoni Kayapó e cantor Sting) e da FUNAI a assinar o decreto reconhecendo o território indígena, ainda durante seu mandato, alegou que seguiria os tramites tradicionais para a demarcação; o que incluía interditar o território por 150 dias.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.