VOLTAR

Decisão está sendo constestada pela Funai

O Liberal (Belém - PA)
Autor: CESAR, Jorge
07 de mai de 1999

Procuradoria Geral da Funai contesta decisão do Juiz Federal, que concedeu liminar favorável ao CTI, permitindo o retorno da organização à Terra Indígena Wajãpi e pela continuidade do projeto de recuperação e despoluição de áreas degradadas por garimpo. José Maurício Gonçalves, procurador, sustenta que cabe à Funai fiscalizar o desenvolvimento do projeto e dos trabalhos do CTI em território indígena, mas não proibi-lo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.