VOLTAR

CSN revela que boato de má fé fez levante de caiapós

Jornal do Brasil, Rio de Janeiro - RJ
06 de set de 1980

Designado pelo Conseelho de Segurança Nacional para apurar as causas do ataque dos kayapó à fazenda Espadilha, no sul do Pará, onde 20 pessoas foram mortas, o major Marco Antonio Luchini informou que a irritação dos índios foi provocada pelo "boato de má fé" do fazendeiro Sebastião Rodrigues, de que uma área contestada pelos kayapó seria desmatada.
Também no Pará, há tensão entre os índios Tembé e brancos da região, que estariam invadindo suas terras.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.