VOLTAR

Criação de Área de Proteção Ambiental na Serra do Itapeti tem avanço em São Paulo

Prefeitura de Mogi das Cruzes - http://www.mogidascruzes.sp.gov.br/
31 de jan de 2018

Criação de Área de Proteção Ambiental na Serra do Itapeti tem avanço em São Paulo

Prefeitura de Mogi das Cruzes

A criação de uma Área de Proteção Ambiental (APA) na Serra do Itapeti foi tema de reunião entre o prefeito Marcus Melo e o secretário estadual de Meio Ambiente, Maurício Brusadin, realizada em São Paulo, e teve um importante avanço nesta segunda-feira (29/01). Proposta em 2013, a criação da APA foi retomada no ano passado, passou por estudos técnicos e os próximos passos para que seja concretizada incluem a realização de uma audiência pública em Mogi das Cruzes e, posteriormente, a análise por parte do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema).

"O secretário Brusadin nos recebeu e, ao lado dos técnicos da secretaria, deu todos os detalhes do processo, que está andando muito bem. A criação de uma APA representará uma importante conquista ambiental, pois vai assegurar mais mecanismos de preservação para este importante patrimônio natural da cidade, que também é um dos símbolos de Mogi das Cruzes", disse Melo, que esteve em São Paulo ao lado do secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima.

Também participaram da reunião o secretário-adjunto de Cultura do Estado e membro do Consema, Romildo Campello, e dois representantes da Fundação Florestal de São Paulo - a diretora e o gerente de unidades de conservação da Região Metropolitana e Interior, Lucila Manzatti e Diego Hernandes. Campelo era o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente de Mogi e Lucila, a secretária-adjunta, quando a cidade deu início ao processo de criação da APA da Serra do Itapeti, em 2013.

Desde o ano passado, com a retomada do processo, o secretário Daniel Teixeira de Lima vem participando de reuniões com técnicos da Fundação Florestal, nas quais foram acertados vários pontos para a criação da APA. A serra possui 5,1 mil hectares e, se acordo com ele, a sua transformação em área protegida trará benefícios para a cidade, como aumento na arrecadação de ICMS e a inclusão da área como região de fiscalização ambiental e de patrulhamento permanente da Polícia Ambiental. Do total, 97% da área está dentro no município de Mogi das Cruzes, enquanto 2% encontram-se em Suzano e 1%, em Guararema.

A Serra do Itapeti abriga o Parque Natural Municipal Francisco Affonso de Mello - Chiquinho Veríssimo, que é uma unidade de conservação integrante do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). O parque recebe visitas monitoradas mensalmente, nas quais os inscritos conhecem o ecossistema do local. A mais recente ocorreu no sábado, dia 27, com a presença de 40 pessoas. (Marco Aurélio Sobreiro)

http://www.mogidascruzes.sp.gov.br/noticia/criacao-de-area-de-protecao-…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.