VOLTAR

Convênios vão beneficiar o meio ambiente

SEMARH
18 de fev de 2008

Várias ações em favor da qualidade ambiental em Sergipe se tornarão realidade a partir da próxima terça-feira, dia 19, quando o governo do Estado anunciará a criação, por decreto, de duas unidades de conservação e assinará convênios com o Ministério do Meio Ambiente. A solenidade ocorrerá às 9 horas, no Hotel Quality, com a presença do governador Marcelo Déda, do secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Márcio Macedo, do presidente da Adema, Genival Nunes e do representante do MMA.

As duas unidades de conservação criadas pelo governo do Estado são o Refúgio de Vida Silvestre Mata do Junco, em Capela, e o Monumento Natural Grota do Angico, em Canindé do São Francisco e Poço Redondo. Com a iniciativa, serão preservadas na Mata do Junco as nascentes do Riacho Lagartixo, responsável pelo abastecimento humano da cidade de Capela, e a existência do macaco Guigó (Callicebus Coimbrai), que está na lista de extinção. Já na Grota do Angico será preservada a riqueza biológica na região da caatinga e aquecido o ecoturismo, uma vez que foi naquele local que o rei do Cangaço, Lampião, e o seu bando, foram assassinados. Nas duas unidades, cuja sua criação foi aprovada pela comunidade local através de audiências públicas, serão investidos R$ 1 milhão.

Já os convênios a serem assinados totalizam investimentos de aproximadamente R$ 700 mil. Serão assinados convênios para a realização do Plano Estadual de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos Urbanos e Apoio à Constituição de Consórcios Públicos Regionais para Serviços Públicos de Manejo Sólidos; para investimentos do Programa Água Doce, que objetiva a implementação de uma política pública permanente de acesso à água de boa qualidade para consumo humano; para o Termo de Cooperação Técnica para Execução de Ações Complementares de Fiscalização Ambiental; e o Termo de Referência para Licenciamento da Reforma Agrária no Estado.

Os convênios celebram a união de esforços do Ministério do Meio Ambiente, (MMA), por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), do Incra e da Polícia Militar do Estado de Sergipe, representada pelo Pelotão Ambiental.

Para o secretário Márcio Macedo, todos os atos a serem assinados na próxima terça-feira pelo governador Marcelo Déda demonstra que este governo tem uma política de proteção dos recursos naturais para o Estado e que está preocupado em aumentar a qualidade ambiental em Sergipe neste momento em que a população no mundo todo começa a sofrer com o aquecimento global.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.