VOLTAR

Comunidades quilombolas de Oriximiná, Faro e Terra Santa recebem doação de cestas básicas

G1 Santarém — PA. - https://g1.globo.com/pa/santarem-regiao/noticia/2020/07/01/comunidades-quilombol
Autor: G1 Santarém - PA
01 de jul de 2020

Imazon vem prestando auxílio às comunidades durante a pandemia para que os quilombolas não precisem se deslocar até à cidade.

O trabalho do Imazon com as comunidades da Calha Norte não parou mesmo durante a pandemia do novo coronavírus. E com o objetivo de ajudar a população da região, o Programa Territórios Sustentáveis está distribuindo cestas básicas nas comunidades quilombolas de Oriximiná, Faro e Terra Santa. Recursos do PTS foram remanejados para a compra dos alimentos.

Com a doação de cestas básicas, os comunitários não precisam se deslocar até a zona urbana dos municípios, onde o risco de contágio pelo novo coronavírus é maior.

Somente em Oriximiná, foram registrados mais de 1.400 casos confirmados da Covid-19 até o dia 30 de junho. Houve ainda registros de casos da doença nas comunidades quilombolas. As instituições que compõem o PTS se uniram para arrecadar recursos, cestas básicas e máscaras para ajudar as comunidades.

Entre os meses de março, abril, maio e junho, já foram distribuídas cerca de 2 mil cestas básicas. Nos próximos dias, serão distribuídas mais 780 cestas para Faro e Terra Santa e outras 1.200 para Oriximiná.

O PTS também garantiu recursos para apoiar a cooperativa dos quilombolas dos extrativistas da Calha Norte para que eles possam comprar produção agrícolas não madeireiros. O objetivo é que eles comprem e revendem sem precisar ir para a cidade. Existe ainda a previsão de compra de mais de 3 mil cestas básicas e 18 mil máscaras até o próximo mês.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.