VOLTAR

Comitê defende as áreas indígenas

Tribuna de Minas (Belo Horizonte - MG)
17 de dez de 1987

Após diversos conflitos e divergências com as práticas da Funai, Cimi tece novas críticas ao órgão, principalmente no que consta à sua atuação junto às etnias Xakriabá e Maxakali. Segundo o Conselho, a Funai tem estimulado o conflito interno entre os próprios indígenas dessas populações, além de distribuir de forma desigual os recursos como sementes, terras e água. As escolas de ambos os povos também não estão funcionando, assim como a saúde não vai bem. Para denunciar isso e outras situações vividas pelos povos indígenas de Minas, o Comitê de Apoio ao Povo Maxacali irá lançar hoje, às 20h, na Igreja São José, o livro "A luta dos índios pela terra", elaborado pelo Cedefes.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.