VOLTAR

Comida para amazonenses

CB, Brasil, p.15
16 de out de 2005

Comida para amazonenses
Às margens do Solimões, Manaquiri é o primeiro município a receber suprimentos e remédios. Governo envia carregamento de 16 toneladas

Os moradores de Manaquiri, um dos municípios mais castigados pela seca, receberam ontem a primeira remessa de alimentos e remédios distribuídos pelo Plano Emergencial S.O.S. Interior. Segundo o coordenador do Plano Emergencial, José Melo, o governo do Amazonas dispunha de 72 mil cestas básicas para serem distribuídas às cidades mais atingidas pela seca.

Mantimentos foram enviados ainda a Anamã, Anori e Caapiranga, todos na calha do Solimões. Devem seguir também para Iranduba, Manacapuru, Careiro Castanho e Careiro da Várzea. A previsão é de que, em 10 dias, eles estejam nas prefeituras dos
principais municípios - de onde devem ser transportados "da maneira que for possível" até as comunidades isoladas, localizadas na beira dos lagos e afluentes secos. Ontem começou a chover no oeste do estado.

Ontem de manhã, o governo federal embarcou para Manaus, em um avião Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira, um carregamento de 16,5 toneladas de alimentos não perecíveis, doados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Nas cestas incluem farinha, arroz, feijão, fubá, macarrão e óleo. Amanhã sairá de São Paulo um carregamento com hipoclorito de sódio, produto usado para desinfetar água potável enviado pelo governo federal.

CB, 16/10/2005, Brasil, p. 15

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.