VOLTAR

Colonos trocam índios por indigenistas

O Liberal
01 de jun de 1996

Depois de 48 horas mantidos como reféns por posseiros da vila Livramento, 77 índios Tembé e Ka'apor, da reserva do Alto Rio Guamá (PA), foram enfim libertados depois de nogociações travadas entre os posseiros e representantes da Funai e do Ibama. Os índios retornarama imediatamente às aldeias, transportados por caminhões. A culminância do episídio é resultado de uma tensão sempre crescente entre os posseiros, que vivem há mais de trinta anos dentro da reserva indígena, e os índios, que durante todo esse tempo tentam se livrar dos invasores. A reportagem ainda diz que depois da liberação dos índios, três funcionários ainda ficaram retidos, como garantia de que o documento com as reivindicações dos posseiros, que acima de tudo querem a legalização de sua situação fundiária, seja assinado por uma representante do Ibama. Os índios acreditam que o orgão estaja do lado dos posseiros, por fazer vista grossa à retirada de madeira da região, e reclamam a devastação de sua reserva.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.