VOLTAR

CNBB decide por desagravo a dom Miguel

Folha de S. Paulo (São Paulo - SP)
20 de fev de 1981

A 19ª Assembleia Geral da CNBB deverá elaborar uma moção de desagravo ao bispo da prelazia do Alto Rio Negro, Miguel Alano, e aos salesianos que atuam na mesma área, acusados pelo Tribunal Russell. Dom Benedito rebateu as acusações falando sobre o trabalho realizado pela prelazia, que conta com cento e vinte escolas, das quais cento e dezessete estão presentes em terras indígenas, e negando também, entre outras críticas, a denúncia sobre a prostituição de mulheres indígenas na região do Rio Negro.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.