VOLTAR

CNBB acha "um absurdo"

Folha de São Paulo
20 de jan de 1979

Ao saber da decisão da Funai de proibir a ida de Daniel Cabixi à Puebla, o secretário-geral da CNBB, D. Ivo Lorscheiter reagiu afirmando que "é mais um absurdo cometido por um órgão do Governo". D. Ivo espera que escalões superiores do Governo anulem a proibição, que carece de argumentos convincentes. Daniel já encontrava-se a caminho de Brasília para providenciar os documentos necessários à viagem.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.