VOLTAR

Circuito Mata Atlântica avança mais um passo para oficialização

IEF - www.ief.mg.gov.br
16 de jun de 2009

Acontece nessa terça-feira (16) a entrega do Inventário Turístico de seis cidades do Circuito Mata Atlântica, situado na região do Vale do Rio Doce em Minas Gerais. O evento acontece a partir das 9h no auditório Borum do Watu no Parque Estadual Vale do Rio Doce (PERD) e contará com a presença dos prefeitos de Ipatinga, Belo Oriente, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso, Jaguaraçu e Marliéria.

A partir da entrega desse Inventário Turístico o Circuito Mata Atlântica terá condições de ser oficializado como circuito. Seis das doze cidades que compõem o Circuito fizeram um apanhado dos atrativos turísticos existentes em seu município e entregarão à Diretoria do Circuito Mata Atlântica que receberá a certificação de participação como circuito. O secretário executivo do Circuito Turístico Mata Atlantica de Minas Gerais, Vinicius de Assis Moreira, conta que há mais de 10 anos se espera esse certificado. "Desde que a nova diretoria assumiu, foram realizadas várias reformulações no Parque e estamos focando principalmente em promover essa oficialização", conta o secretário executivo que também é o turismólogo do PERD.

Com a certificação do Circuito as cidades participantes receberão benefícios para o turismo da região. Será disponibilizado financiamento federal e estadual para a área turística, sinalização para o turismo de todas as cidades que compõe o circuito, além de capacitação de técnicos para trabalhar na área. Tudo isso proporciona melhores condições para a região receber turistas de todos os lugares. "Estamos lutando por uma política de turismo mais eficaz", conta o secretário.

Além da entrega do Inventário o Parque promoverá também duas palestras informativas para os prefeitos das cidades participantes. A Secretária de Turismo do estado de Minas Gerais (SETUR) será representada por Ruy Felipe e irá apresentar os benefícios dos circuitos turísticos e sobre as políticas públicas de turismo em Minas Gerais. O representante da Federação de Circuitos Turísticos de Minas Gerais (FECITUR), Francisco José Melo, mostrará a importância da participação dos circuitos na FECITUR.

Vinicius de Assis Moreira conta que a iniciativa partiu através da Diretoria do Parque Estadual do Rio Doce, que é o maior remanescente de Mata Atlântica e é considerado um dos maiores atrativo da região. "A certificação é um importante passo para a consolidação do turismo no Parque e na região", afirma o secretário.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.