VOLTAR

Cintas-largas mantêm invasores de reservas amarrados em árvores

Jornal do Brasil (RJ)
23 de ago de 1988

Um grupo de Cinta Larga prendeu cinco madeireiros que teriam invadido seu território na reserva indígena Aripuanã (MT). A retirada ilegal de madeiras continua aumentando nas reservas indígenas de Rondônia e Mato Grosso.
Os Paresí se retiraram da sede da administração regional da Funai em Tangará da Serra sem suas reivindicações atendidas, pois a Funai se negou a negociar sob pressão.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.