VOLTAR

Cimi denuncia o acordo entre a Funai e Aracruz

O Popular (Goiânia - GO)
17 de jun de 1980

Cimi denuncia, através de documentos enviados pela Sociedade Brasileira de Indigenistas, a realização de um acordo entre a Funai e a Aracruz Celulose que contraria os interesses indígenas, beneficiando a empresa com a demarcação das terras dos Tupiniquim e Guarani no ES. Os indígenas estão temerosos, principalmente depois da visita do coronel Nobre da Veiga, presidente da Funai, à fábrica da Aracruz. Eles afirmam que o órgão não lhes representa e que aceitarão apenas a área definida no decreto de 8 de novembro de 1979.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.