VOLTAR

Cimi aponta esquadrão da morte antiindígena

A Crítica (Manaus - AM)
09 de mai de 1980

Tendo em vista o assassinato de cinco indígenas Ticuna na região de Vendaval, no Alto Solimões, por Quincino Mafra, o Cimi publicou uma nota oficial onde relaciona esse caso com outros assassinatos de indígenas de diversos povos ocorridos em um período próximo. De acordo com o Conselho, a impunidade da qual gozam os latifundiários no Brasil estimula esse tipo de crime, organizado pelo que denominou "esquadrão da morte antiindígena".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.