VOLTAR

Carta de pesquisadores ambientais de Campinas e Rio Claro

Unicamp/Unesp
14 de ago de 2000

Em carta , pesquisadores (zoólogos, ecólogos e botânicos) da Unicamp e da Unesp Rio Claro em que defendem a incompatibilidade da presença dos Guarani Mbya no caso dos Parque Estadual Intervales. Segundo os pesquisadores, a presença desses povos ameaça a integridade da área e do próprio patrimônio nacional.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.