VOLTAR

A caminho da conciliação

O Liberal
05 de jun de 1996

A reportagem faz referência à reunião ocorrida na manhã de ontem entre representantes dos índios Tembé e Ka'apor da reserva do Alto Rio Guamá, posseiros que ocupam a reserva e representantes do Incra, Funai, Ibama, Ministério Público e Fetagri. O tópico da reunião eraera debater as possibilidade de sanar o problema do conflito entre os índios e os posseiros que ocupam a reserva, depois do episódio de posseiros que mantiveram 77 índio como reféns em vila Livramento. A principal proposta levantada na reunião foi a de formar uma comissão, juridicamente constituída, para proceder os estudos necessários das terras para o assentamento das mais de 1.300 famílias que vivem na reserva. A área da reserva, homologada em 1993, não poderá ser diminuída, de modo que a permanência dos posseiros na região foi logo descartada. A reportagem ainda traz mais detalhes sobre a situação e as possíveis medidas a serem adotadas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.