VOLTAR

Caiapós declaram guerra para garantir exploração de mogno

Correio Braziliense, Brasília - DF
15 de dez de 1990

Em missão de reconciliação entre índios e fazendeiros, recomendada pelo ministro da Justiça, Jarbas Passarinho, o delegado José Herman, do DOPS (Departamento de Ordem Política e Social) de Brasília, foi portador da declaração de guerra dos indígenas contra os brancos. Os kayapó continuam ocupando as terras de fazendeiros ao sul da reserva kayapó, alegando que não estão recebendo dinheiro pela extração do mogno.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.