VOLTAR

Cacique Domingos Venite morre com coronavírus em Angra dos Reis

Revista Fórum - https://revistaforum.com.br/coronavirus
21 de jul de 2020

Cacique Domingos Venite morre com coronavírus em Angra dos Reis
Líder da maior terra indígena do Rio estava internado no Centro de Referência para tratamento de Covid-19 desde o dia 26 de junho

O cacique Domingos Venite, líder da maior terra indígena do Estado do Rio de Janeiro, morreu com coronavírus na madrugada desta terça-feira (21) em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

Domingos Venite, de 68 anos, estava internado no Centro de Referência para Tratamento de Covid-19 desde o dia 26 de junho. O corpo será sepultado no cemitério da aldeia Sapukai, respeitando as normas sanitárias estabelecidas.
A Comissão Guarani Yvyrupa (CGY), organização política autônoma que congrega as aldeias do povo guarani do Sul e Sudeste do país, lamentou a morte do cacique em nota nas redes sociais.

"O povo Guarani está de luto por mais essa perda irreparável para nós.
Essa doença Covid-19 está matando nossos líderes sábios, ainda leva junto a força dos nossos cantos e danças. Faremos nosso canto e nosso rezo, faremos nossas danças de passagem para o Xamõi Domingos mesmo sem poder nos despedir, mas sabemos que seu espírito segue rumo a Yvy Maraē'y, e que sempre nos proteja a nós e todas as nossas crianças", diz o texto.

De acordo com o Instituto Socioambiental (ISA), em boletim atualizado nesta terça-feira (21), mais de 16 mil indígenas já se infectaram com a doença no país desde o início da pandemia. Ao menos 544 morreram pela doença, segundo a organização.

https://revistaforum.com.br/coronavirus/cacique-domingos-venite-morre-c…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.