VOLTAR

Brasil e Alemanha debatem conservação da Amazônia e do clima do planeta

Carbono Brasil
30 de ago de 2007

Com o intuito de sensibilizar empresários brasileiros, principalmente os ligados à empresas da Alemanha, para a causa ambiental, a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, em parceria com o WWF-Brasil e WWF-Alemanha, promove o evento Aliança Global para a Proteção da Amazônia e do Clima, que será realizado em São Paulo, nesta quinta-feira (30). Para apoiar a ação o presidente do Conselho Diretor do WWF Alemanha, Prof. Dr. Detlev Drenckhahn, irá trazer uma mensagem do Presidente alemão, Horst Köhler, pela união de esforços para a conservação da Amazônia brasileira. O evento será retransmitido simultaneamente, por vídeo conferência, para representantes da Rede WWF, da Rede Mundial das Câmaras de Comércio e Indústria bilaterais da Alemanha e do Banco Mundial em Frankfurt (Alemanha), Johannesburg (África do Sul), Tóquio (Japão) e Washington (EUA).

Segundo o vice-presidente executivo da Câmara Brasil-Alemanha, Thomas Timm, a importância do evento pode ser medida pela mensagem do Presidente alemão Horst Köhler, que será lida na abertura. Ela reflete não só a preocupação da Alemanha, mas também a preocupação de empresas alemãs atuantes no Brasil com as questões ligadas ao meio ambiente e ao aquecimento global. Este evento tem o objetivo de criar uma plataforma para a qual a Câmara Brasil-Alemanha, a Rede WWF e demais parceiros pretendem atrair interessados no mundo inteiro, enfatiza Timm, lembrando que a Alemanha é um dos maiores investidores na recuperação e conservação da Amazônia brasileira. A cooperação governamental entre Brasil e Alemanha se reflete no terceiro setor.

O WWF-Brasil tem uma firme parceria com o WWF-Alemanha desde o final de 2005. Recursos oriundos desse acordo possibilitam nossa atuação na consolidação da região do Mosaico do Apuí e do Parque Nacional do Juruena, área considerada como de extrema importância para a conservação da Amazônia, afirma o presidente do conselho diretor do WWF-Brasil, Álvaro de Souza, um dos palestrantes do evento, referindo-se a região, nos estados do Amazonas e Mato Grosso, composta por unidades de conservação apoiadas pelo WWF-Brasil tanto com assistência técnica, quanto com o apoio financeiro ao Arpa (Programa Áreas Protegidas da Amazônia). Considerado uma das maiores iniciativas de proteção da diversidade biológica do planeta, o Arpa é implementado por uma parceria entre o Ministério do Meio Ambiente, Ibama, governos estaduais da Amazônia, GEF (Fundo Global para o Meio Ambiente), o Banco Mundial, o KfW (Banco de Desenvolvimento Alemão), a GTZ (agência de cooperação alemã), o WWF-Brasil e o Funbio (Fundo Brasileiro para a Biodiversidade), com apoio de empresas brasileiras, como O Boticário e Natura.

O evento também conta com a palestra de empresários como o presidente do Conselho Administrativo da Natura, Guilherme Leal, e o gerente de recursos humanos da Faber-Castell, Irineu Diniz, além de representante do Ministério do Meio Ambiente. O WWF-Brasil, além da palestra do presidente de se conselho diretor, será representado pela sua secretária-geral, Denise Hamú.

Na ocasião, os cantores alemães John Kelly e Maite Itoiz serão indicados como embaixadores do WWF-Alemanha para o Parque Nacional do Juruena. A dupla doou 1 Euro para cada cd Contos da Floresta Secreta para as atividades no parque. Após o encontro em São Paulo, a comitiva formada pelo grupo alemão parte para o Mato Grosso para conhecer de perto a parceria do WWF-Brasil e WWF-Alemanha na região do Mosaico do Apuí e Parque Nacional do Juruena.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.