VOLTAR

Bispos temem um novo genocídio de índios

A Crítica (Manaus - AM)
19 de set de 1986

De acordo com o bispo Dom Jorge Maskell e pelo coordenador do Cimi, Vitor Kameyama, os recentes projetos de colonização, instalação de novas usinas hidrelétricas e militarização das fronteiras são as mais novas ameaças aos povos indígenas no Brasil. Eles também afirmam que a sonegação de informação sobre esses projetos mantém a população indígena alheia ao seu futuro e incapaz de lutar.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.