VOLTAR

Balas na reserva

Diário do Pará
29 de mai de 2007

Depois da negociação com o Incra e Funai, a saída de colonos da área dos Tembé, em Capitão Poço, ainda é tensa.

Três trabalhadores rurais, considerados parceiros dos índios e que faziam parte do primeiro grupo de 60 famílias a deixar a reserva, sofreram atentados a bala, ontem de madrugada, na estrada do Cupu.

Os irmãos Antonio José, Luciano Alberto e Luiz Augusto Bezerra de Souza relataram o ocorrido em correspondência ao procurador Felício Pontes, do Ministério Público Federal. Eles não acusam índios pelo atentado. Há pessoas interessadas, segundo observadores do conflito, na permanência de posseiros naquela área.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.