VOLTAR

Apurinãs se preparam para a guerra

Folha de São Paulo
25 de abr de 1980

Inconformado com o resultado negativo de sua viagem a Brasília - a Funai teria se declarado impotente para resolver a questão -, o líder Apurinã Francisco previu que muito sangue será derramado na disputa que os índios estão tendo com os 600 colonos do km 45 da rodovia Rio Branco-Boca do Acre.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.