VOLTAR

Apreensão de madeira nobre bate recordes

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
18 de set de 1990

A Operação Amazônia de combate às queimadas conseguiu apreender uma quantidade recorde de madeira extraída irregularmente da floresta em diversos estados da Amazônia Legal: um volume de 99 mil metros cúbicos, o equivalente a um prédio de 160 andares. A maior apreensão foi feita no município e Tocantinópolis, na região conhecida como Bico do Papagaio, no norte do estado do Tocantins.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.