VOLTAR

Antropólogo denuncia ação contra indígenas

Estado de Minas (Belo Horizonte - MG)
06 de abr de 1980

O antropólogo norte-americano Denny Moore acusa a expedição de atração do povo Uru-Eu-Wau-Wau e do povo Cinta-Larga, chefiada por Apoena Meirelles, como criminosa e desnecessária. Pois estaria sendo financiada diretamente pelo programa de TV Network, com fim de registrar a expansão da fronteira agrícola e recriar um quadro falso da situação indígena local. Dentre as hipóteses levantadas pelo antropólogo, é de que a atração desse povo está intrinsecamente ligada a interesses na abertura da rodovia BR-242, tanto por órgãos públicos como privados.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.