VOLTAR

Anistia pede libertação de seringueiro no Acre

Correio Braziliense (Brasília - DF)
01 de out de 1995

O seringueiro Antônio Macedo, preso na semana passada no Acre, foi considerado "prisioneiro de consciência" (pessoas detidas por suas convicções e ideologias) pela Anistia Internacional, que pediu a sua imediata libertação.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.