VOLTAR

Anistia denuncia violência cometida contra indígenas

A Crítica (Manaus - AM)
16 de jan de 1993

A Anistia Internacional divulgou ontem um relatório no qual denuncia a omissão do governo brasileiro na investigação e punição de casos de violência contra indígenas no Brasil. De acordo com o documento, de 30 casos exemplares de violência contra índios cometidos no Brasil, apenas 2 foram julgados, sendo que, em um deles, o acusado foi absolvido. O relatório foi encaminhado a diversas autoridades brasileiras, incluindo o presidente Itamar Franco. Na notícia, dois casos de assassinatos de índios foram relembrados: o espancamento do índio Valdeci Júlio, da etnia Pataxó Hã-Hã-Hãe, e o assassinato do índio Domingo Paulino, da etnia Gavião Pykopjê.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.