VOLTAR

Aneel aprova decisão de apenas uma usina no Xingu

Estadão Online - www.estadao.com.br
Autor: Gerusa Marques
26 de jul de 2008

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a revisão dos estudos de inventário hidrelétrico do Rio Xingu, endossando oficialmente a decisão do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) de permitir que apenas uma hidrelétrica seja construída naquele rio: a usina de Belo Monte. A decisão da Aneel foi divulgada na sexta-feira (25), e sua publicação no "Diário Oficial da União" está prevista para a próxima segunda-feira (28).

De acordo com nota divulgada pela Aneel, os estudos de inventário hidrelétrico indicam um potencial de geração de 11.187 megawatts (MW) de energia no trecho no rio situado próximo ao município de Altamira, no Pará. Indicam, também, um reservatório de 440 quilômetros quadrados.

Os estudos aprovados pela Aneel foram feitos pela Eletrobrás em parceria com as empresas Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez e Norberto Odebrecht. Segundo a agência, este é o primeiro passo para que o governo promova a licitação da usina de Belo Monte, prevista para o primeiro semestre de 2009.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.