VOLTAR

Amazônia, destruição consentida

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
18 de mai de 1992

Segundo o ecólogo norte-americano Philip Fearnside, pesquisador do Inpa, "as multinacionais deram sua parcela de contribuição para a destruição da Floresta Amazônica". Na mineração, na indústria madeireiro, na prospecção petrolífera e também na agropecuária, as multinacionais tiveram e ainda têm um papel importante nos grandes desastres ambientais na região.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.