VOLTAR

Agricultores desejam negociar com invasores

Zero Hora-Porto Alegre-RS
19 de mar de 2003

Reunidos no Sindicato Unificado da Agricultura Familiar, em Getúlio Vargas, os agricultores decidiram as formas que utilizarão para reivindicar a posse da terra.

Os colonos tentarão negociar com os índios para que deixem o local até que a investigação feita pela Funai para delimitar o território esteja concluída.

- Ainda não existe nenhuma comprovação de que é área indígena - diz o presidente do sindicato, João Valença.

O professor Nelson Rogalski, morador da localidade, mostrou na reunião as escrituras de sua propriedade, que datam de 1917, período em que os índios afirmam ter morado na área.

Uma missa marcada para a sexta-feira, em que seriam realizados batizados, foi cancelada pelo padre Dirceu Dalla Rosa, mas o agricultor Teófilo Noskoski, que preparava o batismo do neto Daniel, quer manter o convite que fez aos parentes e amigos e realizar o batizado.

- Pra mim esta missa sai, mesmo que seja na rodovia - disse Noskoski.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.