VOLTAR

Agentes Indígenas de Saúde participam de oficina de atualização em Rondônia

Secretaria Especial de Saúde Indígena - http://portal.saude.gov.br
26 de jul de 2011

Desde ontem (25), 31 Agentes Indígenas de Saúde (AIS) que atuam no pólo base de Cacoal, no Distrito Sanitário Especial Indígena Vilhena (DSEI Vilhena), em Rondônia, estão atualizando seus conhecimentos sobre saúde da criança e da mulher, dengue, diabetes, hipertensão, hepatites, malária, tuberculose e hanseníase.

A oficina de atualização, que termina na próxima sexta-feira (29), é coordenada pela
Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), por meio do DSEI Vilhena. Médicos, enfermeiros, odontólogos, nutricionistas e farmacêuticos que trabalham no DSEI e no município, junto com as equipes do Programa Saúde da Família Indígena (PSFI), são os responsáveis pela capacitação dos AIS.

De acordo com Alda da Silva Uchôa, chefe do DSEI Vilhena, o objetivo da oficina de atualização é garantir aos AIS mais segurança quando estiverem prestando atendimento à comunidade. Alguns destes profissionais já atuam na área há dez anos. "Todos os temas que estão sendo discutidos já foram abordados anteriormente, mas é necessária uma capacitação contínua. Faz parte da valorização do AIS como profissional e da sua importância para comunidade", afirmou Alda.

O pólo base de Cacoal presta assistência a uma população de 2.568 índios que vivem em 48 aldeias, localizadas em seis municípios de Rondônia e um de Mato Grosso. A população atendida pertence às etnias Apurinã, Arara, Cinta larga, Kwasá, Macurap, Mequém e Suruí,

Ao final da oficina, será entregue para cada AIS um Kit que contém um aparelho para aferir pressão, uma balança digital portátil, estetoscópio, fita métrica e uniforme. A oficina de capacitação será estendida aos outros três pólos base da abrangência do DSEI Vilhena.

O DSEI Vilhena está localizado no interior do Estado de Rondônia, além de atender parte do Mato Grosso. O distrito faz fronteira com a Bolívia e atende 6.810 índios, com predominância da etnia Nambikwara.

http://portal.saude.gov.br/portal/saude/Gestor/visualizar_texto.cfm?idt…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.