VOLTAR

3 Encontro de Medicina Tradicional Kaingang começou hoje

Gaz - http://www.gaz.com.br/
Autor: Marília Nascimento
25 de nov de 2010

A Comunidade Kaingang do Morro do Osso, na zona sul de Porto Alegre, celebra de hoje, 25, até sábado, 27, o 3o Encontro dos Kujà (pronuncia-se kuiãs), como são chamados os pajés desta etnia, evento que visa atualizar e fortalecer a discussão em torno da sua medicina tradicional. A abertura oficial teve início por volta das 10h30min da manhã e contou com a presença e depoimentos de algumas lideranças indígenas e autoridades envolvidas.

O evento é organizado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), com apoio da Funai e outras entidades e a própria comunidade indígena. O vice-cacique da Comunidade Kaingang do Morro do Osso, Francisco Rokàg dos Santos, fez questão de deixar claro que o evento não se trata de uma festa: "Isso aqui é um encontro que serve para resgatar a cultura de nosso povo, nossos filhos precisam conhecer nossos costumes", enfatizou.

O chefe da Assessoria de Saúde Indígena do Rio Grande do Sul (Assai/RS), Jair Pereira Martins, lembrou que devido à criação da Secretaria Especial de Saúde Indígena, vinculada ao Ministério da Saúde, "este pode ser o último evento promovido pela Funasa na área de Saúde Indígena, mas é uma satisfação poder fazer parte deste momento".

A manhã ainda foi momento para a apresentação artística do grupo infantil indígena de São Leopoldo. Em seguida foi servido o almoço feito pelas cozinheiras indígenas. A tarde foi reservada para uma conversa sobre Saúde e o Viver com os kujàs. À noite a programação conta com a apresentação dos filmes dos dois últimos encontros. São esperados cerca de 300 kaingang vindos de várias regiões do Rio Grande do Sul.

http://www.gaz.com.br/noticia/249130-encontro_de_medicina_tradicional_k…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.