VOLTAR

Trabalho escravo

FSP, Painel do Leitor, p. A3
Autor: BRAGA, Paulo
20 de fev de 2015

Trabalho escravo

Está incorreto o título do texto "BNDES e Caixa abolem 'lista suja' do trabalho escravo". O BNDES não aboliu nem poderia ter abolido a lista. O que o banco está fazendo é simplesmente cumprir decisão do STF, que retirou de consulta via internet e anulou, ao menos temporariamente, os efeitos do cadastro do Ministério do Trabalho. É importante ressaltar também que a prática de trabalho escravo continua sendo um fator de veto à concessão de financiamento pelo BNDES e, se a falta for descoberta a posteriori, o cliente, além de responder a processo, terá de devolver de uma só vez os recursos emprestados.
PAULO BRAGA, chefe da assessoria de imprensa do BNDES (Rio de Janeiro, RJ)

FSP, 20/02/2015, Painel do Leitor, p. A3

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/208910-painel-do-leitor.shtml

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.