VOLTAR

Relato de indígenas levou a processo no CE

FSP, Ciência, p. C11
25 de fev de 2012

Relato de indígenas levou a processo no CE

DO RIO

O trabalho de Jeovah Meireles com indígenas de Aquiraz (CE) acabou resultando em dois processos contra o pesquisador da Universidade Federal do Ceará: um cível, por danos morais e materiais, e outro criminal, por calúnia e difamação.
Em 2005, ele liderou um projeto de pesquisa com a etnia jenipapo-canindé. O trabalho consistia na elaboração de "mapas sociais" (com informações sobre o território da tribo) e em projetos de educação ambiental.
Soube então de reclamações dos indígenas sobre a degradação da lagoa da Encantada, que eles atribuíam à fabricante de cachaça Ypióca, instalada ali perto. O pesquisador citou essas queixas em um seminário no Rio.
O tema ganhou repercussão. Pouco depois, os processos foram instaurados.
A empresa diz que foi à Justiça "após tomar ciência de que ele desenvolvia campanha caluniosa". Os processos acabaram sendo arquivados graças a um acordo.
(DM)

FSP, 25/02/2012, Ciência, p. C11

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ciencia/27604-relato-de-indigenas-levo…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.