VOLTAR

Índios Tembé conquistam benefícios

O Liberal
21 de fev de 1997

Os índios Tembé que vivem nas aldeias Turé-Mariquita e Acará-Miri, regiões afetadas pela passagem de um mineroduto para a exploração do caulim, em breve sentirão os benefícios das medidas que estão sendo implementadas pelo Programa Tembé, fruto justamente de um convênio estabelecido entre a Funai e a Pará Pigmentos, empresa que fará a exploração do minério, em função do impacto causado. O projeto trará melhorias aos índios nas áreas de educação, saúde e saneamento básicos. Além disso, foram coletadas amostras de fezes e sangue dos índios para serem examinadas, a fim de saber se houve algum tipo de contaminação ambiental por causa da construção dp mineroduto.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.