VOLTAR

Estação Ecológica é desmatada em SP

FSP
04 de set de 2005

A área desmatada, nos últimos meses, na Estação Ecológica Juréia-Itatins equivale a quase três campos de futebol. O verde da mata atlântica se transforma numa mistura de cinza, marrom e preto. A floresta dá lugar a uma imensa clareira com árvores centenárias ao chão, queimadas. Localizada no Vale do Ribeira (SP), a Estação Ecológica possui uma área total de 80 mil hectares. Suspeita-se de que fazendeiros situados em seu entorno têm invadido a área para ampliar o cultivo da monocultura da banana. Tanto que já é possível visualizar, na clareira, pés de banana em crescimento. O Instituto Florestal tenta mapear e combater a devastação na Juréia. Trabalho difícil para quem possui apenas 43 funcionários no local, sendo 32 vigias.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.