VOLTAR

Aldeia ganha complexo cultural

Correio do Povo-Porto Alegre-RS
20 de mar de 2004

Caingangues e guaranis recepcionaram o governador

O governador Germano Rigotto participou ontem do ato de inauguração do Complexo Cultural Indígena do município de Planalto. A estrutura, localizada na aldeia de Pinhalzinho, que integra a Reserva Indígena de Nonoai, dispõe de um centro cultural para realização de atividades artísticas de caingangues e guaranis e três quiosques. Nesses, poderão ser comercializados os produtos artesanais da comunidade indígena.

Cerca de 4 mil pessoas que vivem em quatro aldeias da reserva de Nonoai serão beneficiadas com o complexo, construído pela Daer, como forma de compensação pela abertura da RS 324, que cortou as terras dos indígenas entre a cidade de Planalto e a RS 406, já no município de Nonoai. Rigotto explicou que o centro abrirá caminho para que a população em geral conheça melhor a cultura e o artesanato dos índios. Na avaliação do governador, ele será um instrumento para atrair turistas interessados em conhecer a história desses povos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.