VOLTAR

Ação pede ao TCU apuração de gastos das operações do Exército na Amazônia

FSP - https://ambiencia.blogfolha.uol.com.br
Autor: AMARAL, Ana Carolina
16 de jul de 2020

Ação pede ao TCU apuração de gastos das operações do Exército na Amazônia

Ana Carolina Amaral

Organizações ambientalistas protocolaram na quarta-feira (15) um requerimento no Tribunal de Contas da União (TCU) que pede a apuraça~o da eficiencia dos gastos nas operações do Exército de fiscalização ambiental da Amazônia no âmbito da GLO (decreto de Garantia da Lei e da Ordem).
Desde a autorização do uso do Exército na fiscalização ambiental em 2019, o governo tem calculado um gasto em torno de R$60 milhões por mês, valor próximo do orçamento anual do Ibama, de R$ 70 milhões.
Neste ano, desde maio, as Forças Armadas foram autorizadas não só a apoiar as operações, como também a comandá-las. O investimento focado no Exército, no entanto, não tem reduzido as taxas de desmatamento, que em junho foram as maiores desde 2015, e de queimadas, que no mesmo mês bateram o recorde dos últimos 13 anos.
O pedido de apuração dos gastos do Exército foi adicionado ao requerimento de retomada de uma auditoria ampla sobre as políticas de combate a desmatamento e queimadas da Amazônia no governo Bolsonaro. O processo havia sido paralisado durante a pandemia, mas as ONGs defendem que ele continue remotamente e sugerem a realização de uma audiência pública virtual.
O requerimento também pede que o TCU estenda sua auditoria - até então voltada ao Ibama, ICMBio e Funai - para todo o Ministério do Meio Ambiente e também o Conselho da Amazônia.
"O desmatamento ilegal anda lado a lado com esquemas criminosos e de corrupção. Como órgão de controle, o TCU tem um papel fundamental no esforço de garantir que o governo federal cumpra a legislação brasileira", explica Renato Morgado, coordenador do Programa de Integridade Socioambiental da Transparência Internacional - Brasil.
O requerimento foi feito em caráter de urgência e assinado pelo GT Infraestrutura da Amazônia, Instituto Democracia e Sustentabilidade, Instituto Socioambiental, International Rivers Network, Observatório do Clima, Transparência Internacional-Brasil e WWF-Brasil.

https://ambiencia.blogfolha.uol.com.br/2020/07/16/acao-pede-ao-tcu-apur…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.