VOLTAR

Do que é feito o encontro.

Documento não disponível em digital.

Em cinco ensaios, o livro aborda as transformações das concepções de acesso ao conhecimento de povos indígenas e comunidades locais. O primeiro ensaio é uma conversa sobre algumas das consequências de se chamar os conhecimentos de povos indígenas e comunidades locais de conhecimento “tradicional”. O segundo trata dos efeitos que os avanços biotecnológicos possuem sobre esses conhecimentos. O terceiro, examina e problematiza alguns casos de acesso ao conhecimento medicinal e alimentar dos povos nativos. O quarto é uma visita dialogada ao Royal Museum, de Alberta (Canadá), onde, além das conversas, a autora compartilha algumas de suas reflexões sobre os temas apresentados. O museu apresenta a história da província de Alberta, inclusive a presença dos povos nativos do Canadá. O último ensaio é uma carta ao líder indígena Ailton Krenak.