VOLTAR

União demora a criar reserva, diz procuradoria

FSP, Brasil, p. A9
13 de mar de 2008

União demora a criar reserva, diz procuradoria

Da agência Folha

A Procuradoria da República no Pará entrou com uma ação cautelar contra a União pela demora em estabelecer a resex (reserva extrativista) do Médio Xingu, no sudoeste do Estado. Segundo a procuradoria, a demora está fazendo aumentar a tensão na região onde a freira americana Dorothy Stang foi assassinada, em 2005.
O procurador da República Marco Antonio Delfino de Almeida, que atua em Altamira (777 km de Belém), afirma que ações de grileiros se intensificaram nos últimos meses.
Segundo o procurador, homens armados agem contra a população local na expectativa de que a fuga dos moradores ribeirinhos desmotive o governo federal em criar a reserva.
O diretor de áreas de uso sustentado do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), Paulo Oliveira, afirma que o órgão estuda medidas contra invasores.
Segundo a Casa Civil, que analisa o projeto desde maio de 2007, não há previsão de quando ele será encaminhado à sanção presidencial. A Procuradoria da República já apresentou 16 ações civis públicas contra desmatadores nas áreas já protegidas. Quase 25 mil hectares foram alvo de danos.

FSP, 13/03/2008, Brasil, p. A9

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.