VOLTAR

Representante da Funai vai negociar libertação de reféns

FSP, Brasil
25 de fev de 2008

Representante da Funai vai negociar libertação de reféns

Da agência Folha, em Cuiabá

A Funai (Fundação Nacional do Índio) manda hoje ao Parque Nacional do Xingu (na região norte de Mato Grosso) o antropólogo Cláudio Romero, coordenador de estudos e pesquisas do órgão, para tentar pôr fim ao impasse envolvendo os 14 reféns mantidos pelos índios da etnia ikpeng.
Doze vítimas foram seqüestrada na última quarta-feira e, anteontem, mais duas pessoas -um piloto e uma antropóloga da Funai- foram capturadas pelos índios, que protestam contra a implantação de uma usina hidrelétrica no rio Culuene (afluente do rio Xingu).
Entre os reféns, estão oito pesquisadores do Instituto Creatio, empresa contratada pela Paranatinga Energia S/ A, responsável pela obra.
Os pesquisadores haviam sido autorizados pela Funai e as lideranças do Xingu a entrar no parque e iniciar um levantamento socioeconômico das etnias locais. O resultado serviria para estabelecer as compensações financeiras para cada um dos grupos atingidos pela obra.

FSP, 25/02/2008, Brasil

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.