VOLTAR

À própria sorte

FSP, Painel, p. A4
27 de fev de 2005

À própria sorte
Sindicalistas do Pará temem ser abandonados pelas tropas federais agora que a PF deu por solucionado o assassinato de Dorothy Stang. O Estado assumiu responsabilidade pelos ameaçados, mas eles dizem não confiar na polícia paraense.

Aviso dado
"Vocês todos vão morrer", teria sido o recado transmitido, por telefone, a um posto da Pastoral da Terra na sexta. Entre 46 pessoas ameaçadas de morte, apenas 3 têm proteção garantida até agora pela polícia do Pará.

Tremor de terra
A bancada ruralista ameaça nova rebelião por causa da MP 239, editada em resposta ao assassinato da missionária americana. A medida cria o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza.

Trilha aberta
Diz a MP 239 que o poder público pode impor "limitações administrativas provisórias ao exercício de atividades efetiva ou potencialmente causadores de degradação ambiental" em áreas em estudo para criação de unidade de conservação.

FSP, 27/02/2005, Painel, p. A4

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.