VOLTAR

ONU diz que pesca insustentavel e maior ameaca a protecao de corais

FSP, Ciencia, p.A14
05 de jun de 2004

Espécies em risco são ainda pouco compreendidasONU diz que pesca insustentável é maior ameaça à proteção de corais
DA REUTERS As Nações Unidas soaram o alarme sobre a saúde dos oceanos ontem, alertando que a pesca agressiva ameaça os pouco compreendidos corais, criaturas que podem até mesmo ser a chave para novos medicamentos.A exploração de petróleo, o despejo de dejetos e a instalação de cabos de telecomunicação nas águas oceânicas apresentam riscos adicionais aos misteriosos corais de águas geladas, segundo um relatório divulgado por ocasião do Dia Mundial do Meio Ambiente, que é celebrado hoje.Os corais, parentes de criaturas que constroem os mais conhecidos recifes tropicais, vivem em águas escuras a seis quilômetros de profundidade, mas são seriamente ameaçados pela pesca, segundo o relatório."É possível argumentar que a maior ameaça, tanto aos corais de águas geladas como o de águas quentes, está vindo da pesca insustentável", disse Klaus Töpfer, líder do Pnuma, órgão da ONU responsável pelo estudo."Estamos apenas começando a entender onde [os corais de águas geladas] estão e qual é seu papel. Podem também ter importantes compostos e substâncias que poderiam ser fonte de novas drogas", complementou.A pesca também ameaça os próprios peixes -as espécies comerciais mais usuais estão sendo consumidas em taxas alarmantes. Segundo a ONU, 70% das reservas são superexploradas.

FSP, 05/06/2004, p. A14

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.